Exposições Magnas

“Em outubro de 1952, a partir de disposições regulamentares, teve lugar a “Iª Exposição Magna” e, na “palavras prévias” do catálogo pode-se ler a determinada altura: “… pensa porém, o Conselho Escolar, deste estabelecimento de ensino que seria da maior conveniência a organização de uma Exposição Magna anual, que reunisse os trabalhos mais classificados durante o ano lectivo anterior, a par dos trabalhos dos professores a quem compete o ensino daquelas especialidades, dando assim, a conhecer, a seu tempo e publicamente, o produto das actividades profissionais de Mestres e de Alunos…”, a esta Exposição sucederam-se, sem qualquer interrupção, até à XVI Exposição Magna de 1968. Era então Director, Mestre Carlos Ramos, figura exemplar de prestígio, agudeza de inteligência e dedicação pela Escola.”

In  Apontamentos para a história da Escola Superior de Belas-Artes do Porto: 1836-1976. Transcrição do documento atribuído a João Barata-Feyo, Professor Agregado da ESBAP.

I exposição magna (1952)

II exposição magna (1953)

III exposição magna (1954)

IV exposição magna (1955)

V exposição magna (1956)

VI exposição magna (1957)

VII exposição magna (1958)

VIII exposição magna (1959)

IX exposição magna (1960)

X exposição magna (1961)

XI exposição magna (1962)

XII exposição magna (1963)

XIII exposição magna (1964)

XIV exposição magna (1965)

XIV exposição magna (1966)

XV exposição magna (1966)

XVI exposição magna (1968)